segunda-feira, 7 de março de 2016

De Volta ao Inferno dos Macacos.



O que você está fazendo, perguntou a si mesmo com um tom agressivo, enquanto o mesmo olhava para as paredes e pensava no escudo invisível que o protegia da grande massa.
Você está entrando para a mesma caverna que já esteve antes, com aqueles cães não ferozes, mas que faziam maiores estragos, nada ligado ao físico, mas sim as relações humanas.

Na verdade não parece que você superou aquilo tudo. É como se só existissem dois caminhos e as mesmas peças daquele jogo nojento.
Enquanto o outro lado está totalmente saudável e curado, depois de sofrer tanto.  Será que houve evolução da outra parte?

Você age como se fosse um bobo da corte ou algo parecido. E tenta minimizar todas as intrigas indo pelo mesmo caminho?
 Não me parece inteligente da sua parte. E enquanto isso você deixa totalmente de fora as pessoas que nunca participaram desse jogo. Por que?

Falta de maturidade? Talvez seja falta de criatividade, mais provável que seja as duas coisas mais o medo, como de costume...

Você superou apenas a parte sentimental. Agora falta a parte difícil: as relações. Com quem você quer compartilhar sua “liberdade espiritual”? Com anjos, ou com demônios que dizem a verdade?


Nenhum comentário:

Postar um comentário