domingo, 22 de maio de 2011

O pão, o vinho e o padre...


Quando pequeno era meio que forçado a ir à igreja, isso quando eu morava com meus avôs.
Desde pequeno já questionava, quando via as pessoas da igreja recolhendo dinheiro e quando o padre molhava pão ao vinho e o comia, enquanto nós colocávamos ostia na boca ( o que pra mim na época era nada menos que farinha e continua sendo até hoje, enfim isso não importa), mas por algum motivo e eu não lembro muito bem não podia eu colocar experimentar a tal biju.
Lembro-me que se eu não rezasse para Deus eu não seria protegido por anjos da guarda. Mas acontecia o contrário, quanto mais eu orava mais pesadelos eu tinha, sonhos que imagina que janela me pegava e que Jesus cristo me dava chicotadas.
Outra coisa que acontecia era quando eu deixava comida no prato, e meus avôs diziam que era pecado! Ora, não seria mais pecado comer algo que não se tem vontade, contrariando a tal livre arbítrio, não seria mais errado ainda o padre comendo pão com vinho enquanto crianças passam fome? Mas não, era mais errada a minha parte, deixar um pouco de arroz e carne no prato! Enfim...
O que eu to querendo dizer sobre essas coisas que eu via...? Bom, já pequeno eu conseguia questionar sobre a igreja e suas hipocrisias, eu não tinha estudo e nem acreditava muito em contos de fada, nem dessas utopias religiosas de um mundo melhor cercado de igrejas e afins...
Se eu não tinha instrução como eu fazia questionamentos? Nem eu sei, só sei que toda pressão me ajudou muito a ver que religião é um grande mau...
O que eu não entendo e não consigo explicar não uso como algo passível de não descobrimento, uso como incentivo de pesquisar e investigar meus próprios questionamentos...
Anjos de alguma forma ou outra não me protegeriam, pois eles estavam sempre em minha imaginação e eles não tinham espaços, pois existia uma barreira na qual era sustentada por monstros que nasciam do medo da janela me pegar...Entendem o que quero dizer?
Quanto menos magia haver, menos as chances de terem pesadelos...
Quanto mais você usar seu cérebro mais as chances de quebrar as correntes...
Quantos menos pães os padres comerem menos crianças passarão fome...
Quanto menos água se transformar em vinho, menos pessoas passarão sede...

Nenhum comentário:

Postar um comentário