quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

...e Já parou pra pensar...hoje fazemos mais coisas que não gostamos do que o contrário!
Seja por obrigação, por pressão, por necessidade, na verdade não importa...
Quando chega num limite insuportável é quando nos damos conta do que fazemos, e do porquê de fazer...
E quebrar espelhos e voltar não resolve!
Hoje meu sono perde para pensamentos constantes sobre o que deveria ser feito...
Muito de minhas ironias cobre um disfarce, que cada vez mais se torna algo passível de explicação.
Hoje entendo a necessidade de cobrir fatos, de apagar da memória alguma coisas.
Não, isso não é uma fase...é muito cômodo dizer isso...
Traga de volta tudo aquilo que está perdido e comece a sentir que você está fazendo algo que sempre quis.
Algumas coisas na vida você simplesmente não pode encontrar e/ou ter novamente...
Não há substituições, há pequenas evoluções e ganhos de conhecimento, mas isso implica muitas coisas, muitas das quais eu vivo citando por aqui no blog.
Será que estou disposto a esse “novo mundo”? Não, muito obrigado! Prefiro o velho eu...

Nenhum comentário:

Postar um comentário