quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

...e se eu for ver de outra forma: Tudo é uma questão de oportunidades.
Não posso dizer que eu tive as minhas, mesmo que eu dissesse que não serviria...
Faz mais sentido quando algum tempo passa e a mente começa a buscar aquelas coisas que um dia eu tive para tentar fazer algo e/ou ser algo.
...e mais uma vez estando do lado de lá eu posso ver que tudo fazia sentido.
É tarde pra dizer, que agora eu sei os motivos que ocasionaram algum fim ou começo de uma grande perda? Talvez não...
Eu também tive meus momentos de glória, meus momentos de emoção, de sentir o que sempre eu havia buscado.
Não, eu nunca coloquei a “culpa” de perdas em algum Deus ou algo do tipo, se existisse algum certamente eu não pensaria que ele arrancaria as coisas de mim pra tentar me fazer entender que, viria coisa boa depois. Mas de alguma forma, isso pra maioria conforta, então, deve ser respeitado acima de tudo.
Nem posso e devo achar que o tempo cura as coisas, pois NÃO cura. Um amigo meu disse que somente eu posso realmente curar essas coisas que insistem em me tirar o sono e a paz. E ele tem razão...Só quem sabe a intensidade é capaz de saber por onde ir...
Sentir falta, acho que sempre vou, o que devo fazer é aprender a conviver de forma mais pacifica com isso.
Sempre quando tive paciência e coragem foi quando eu vivi de fato. Não é agora que vai ser diferente...

Um comentário:

  1. Gratidão pelo compartilhar das preciosas palavras durante o ano.
    Feliz dias, feliz todos os dias ;)
    Beijos e Flores
    adoro

    ResponderExcluir