quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Equilibrio/Caminhos/Pessoas/Coragem



A vida é mesmo como uma linha que vai se cruzando entre os caminhos.
Não tem muito como fugir disso, é sem controle. É fantástico.
Isso traz certas respostas, faz com que fiquemos acordados, sempre de olhos abertos e também nos deixam cuidadosos.
Quem dar as costas para isso é totalmente um idiota. É claro que existem ligações.
O barato da vida está nisso, está nessas surpresas e nessas “nóias”.
A calma e a coragem e fazer o que o coração pede junto a consciência, talvez aí esteja algo que se aproxima do segredo.
Cada qual para sua função. Eu sigo acreditando que são poucos que fazem as coisas para ferrar tudo de propósito... Fraquezas, descontroles, imaturidade e etc..Isso tudo contribui para que façamos coisas sem sentido.
Não levar tudo tão a sério, mas também saber que nem tudo pode ser encarado com desprezo. Haver um equilíbrio em “cima de uma corda” que nos liga a outras escolhas.
Cair, afundar... Não é tão ruim quanto parece.
Em relação ao vazio... Já entendi qual é a sua função... E tenho dito isso constantemente aqui no blog.
A pressão que causa todo o nervoso, o medo e por ai vai...
Usar a simplicidade para obter o melhor da vida.
Minha mente precisava escutar tais palavras. Agora eu sei que é necessário deixar algumas coisas para trás de fato, saber dosar tudo e ser mais tranqüilo.
Eu adoro ser levado por essas linhas entrelaçadas e adoro ser levado pelas conseqüências de meus atos.
Algo que está parado tem mais chances de estragar do que algo que estranhamente se movimenta.

Um comentário:

  1. tudo é relativo, tudo é entre meios, a gente perde a gente ganha e assim a gente vive e nao apenas existimos...

    ResponderExcluir