quinta-feira, 15 de julho de 2010


Algum vento me trouxe de volta a consciência... Permanecia dormindo, desmaiado, com o olho pregado!
A base de tudo algumas desculpas e outras mentiras e estava “tudo bem” (?)
Mesmo que o tempo fique parado um dia ele vai passar e quando o ponteiro cair iremos ver quem conseguiu ser fiel.
Na verdade nua e crua, talvez haja mais motivos para se lembrar de “tragédias”, mas eu não quero isso...
Posso lembrar-me dos momentos bons, claro tudo com uma dose de realidade.
Por trás de alguns disfarces que eles usaram eu posso ver um rosto verdadeiro e um coração sincero, mas sinceramente não buscarei mais por isso, não enquanto houver falsidade...
O mundo não é tão pequeno e não há mentira que dure o suficiente para acabar com uma vida inteira, eu prefiro acreditar assim!
Quando abrirmos os olhos nós veremos mais do que apenas ver, sentiremos que aquilo tudo era abastecido de vicio e que o verdadeiro amor estava enfraquecido...
Quando levantarmos de nossas camas, veremos qual caminho realmente seguir, dar uma chance para a verdade, somente ela, somente... Ela está por trás de maquiagens!
Não! Não é dizer que tudo foi em vão e/ou foi inútil!
Não foi um erro, não precisa de perdão ou algo parecido!
Quando tudo ficar bem claro, a vontade de arriscar falará mais alto e o segundo sol estará novamente nos aquecendo...
A estrela ainda está distante, mas eu sei que mais cedo ou mais tarde ela descerá!

Um comentário: